"Os Cães"

Ontem, quando li o precioso texto do Esteves: "Café por Acaso", recordei e vivi. Como sempre... Como Dantes...

Era aquele o momento em que se parecia concretizar a primeira aparição...
Pela parte d' "Os Cães" (assim foram apelidados) esperava-se um recital de poesia. Foi mostrada uma composição poético-musical, com diaporama a pintar um cenário feito com objectos que estavam à solta.

Não existiu interacção entre personagens, vivia-se de monólogos, de mundos que aparentemente não terão qualquer relação lógica. Desta forma, as tarefas ficaram mais fáceis mesmo sem nos apercebermos delas: só tínhamos de fazer acreditar uma pessoa colectiva naquilo que fazíamos ali viver, o Público.

O "Café por Acaso" vive de cumplicidades entre as personagens, de momentos de tensão, seja ela de cariz trágico ou cómico. É necessário fazer acreditar aquele que está ao nosso lado para fazer acreditar o público.
Viverá também da entrega que cada um der de si, do suor, da sinceridade do que fazemos e dizemos, com toda a certeza que aquele é o nosso mometo, o momento daquelas pessoas que estão juntas no espaço previligiado para morder...

Amem e Partilhem o actor " jamais deverá desesperar e nunca renunciar a este objectivo primordial: amar a sua arte com todas as forças e amá-la sem egoísmo." Constatin Stanislavski

3 comentários:

Iana, a empregada que dança! disse...

O amor que todos voçes tem pelo teatro é transparente! Isso, de certa forma, orgulha-me! Obrigada por terem partilhado uma pekena parte desse talento conosco, Obrigada por terem dispensado tempo conosco, Obrigada pelos sorrisos, pelas palavras sérias, pelos relaxamentos excepcionais, e, princpalmente, Obrigada pela motivação e confiança em Nós!

Os "Cães à Solta", são e seraão sempre um modelo a seguir!

Beijo Nuno, e mais uma vez, Obrigada!

ines disse...

Faço minhas as palavras da iana, a empregada que dança! lol Mais uma vez sem palavras!Voces sao inatingiveis!"Grandes cães a solta"!

joana nunes disse...

Para sempre os melhores!

Obrigado por esta opotunidade, obrigado pelo apoio, obrigado pela dedicação e obrigado por acreditarem em nos!

Que esse talento nunca morra...!

Adoro-vos

Beijos grandes e mais uma vez obrigada!***